Novembro Azul 2019

 


 

Assim como foi no “Outubro Rosa”, os funcionários da MGI, desta vez os homens, foram convidados a unirem-se para uma fotografia em celebração ao “Novembro Azul”. Um simples gesto visa chamar atenção à conscientização para a prevenção ao câncer de próstata. Ter hábitos saudáveis e realizar o diagnóstico é o foco, pois aumenta a chance de cura. Para a detecção precoce o melhor caminho é o exame de PSA e toque retal.

 

O câncer de próstata em estágio inicial geralmente não provoca sintomas, enquanto em estágio avançado pode causar alguns, como:

 

Micção frequente
Fluxo urinário fraco ou interrompido
Vontade de urinar frequentemente à noite
Sangue na urina ou no sêmen
Disfunção erétil
Dor no quadril, costas, coxas, ombros ou outros ossos se a doença se disseminou
Fraqueza ou dormência nas pernas ou pés

A maioria desses problemas pode ser provocada por outras condições clínicas, além do câncer de próstata. Por exemplo, o aumento da frequência urinária é muito mais frequentemente causado por hiperplasia prostática benigna (HBP), um crescimento benigno da próstata. Dessa forma, é importante manter o médico informado sobre qualquer um desses sintomas para que a causa seja diagnosticada e, se necessário, iniciado o tratamento. Quando o diagnóstico é feito precocemente, a chance de cura chega a 90%.